Bakemonogatari Comédia Drama Leituras Light Novel Monogatari Romance Sobrenatural Vertical inc.

BAKEMONOGATARI, Part 1: Monster Tale (Vertical)

Depois de uma longa saga a qual me levou de volta a essa série, eu acabei comprando os volumes US da Light Novel, e agora que terminei o primeiro livro, decidi compartilhar minhas opiniões. Mas primeiro vamos a sinopse prometida quando vamos comprar o livro.

Sinopse:

Tem uma garota na escola que está sempre doente. É rotineiro ela chegar atrasada, sair mais cedo, ou nem aparecer, além de não fazer as aulas de educação física, só para constar. Ela é bonita, e os garotos costumam discutir que ela é uma princesa reclusa. Como o auto-intitulado “maior perdedor” de sua sala está prestes a descobrir, eles simplesmente não sabem o tipo de monstro que ela realmente é.

Assim começa uma história de doenças misteriosas que são de origem sobrenatural e que revelam profundamente a psique humana, um conjunto de casos, dados a sentimentos inesperados e humor irreverente. Assim começa o lendário livro que iniciou a série MONOGATARI, a qual, as adaptações em anime atingiram fama internacional e foram aclamadas pela crítica.

Esta primeira, de três partes, introduz Senjogahara e Hachikuji, e fãs da prequel campeã de vendas, KIZUMONOGATARI vão ficar felizes em encontrar com suas loucuras favoritas novamente: O narrador muito confiável, Araragi, a presidente de classes entre os presidentes de classe Hanekawa, e o suspeito resolvedor de problemas Oshino, além de uma certa pálida e loira ex-vampira.

Impressões da sinopse:

Primeiro algumas notas que acho importante, dois fatores podem parecer estranhos para aqueles que acompanharam o lançamento original (japonês) das novels:

  • A primeira seria a questão de três partes. No US Bakemonogatari foi dividido em 3 volumes, ao invés de 2 como no original japonês. Trazendo dois “casos” nos dois primeiros livros, e o caso final no último livro.
  • A segunda, seria a questão da séria ser descrita como um reencontro com personagens presentes em KIZUMONOGATARI, para quem está chegando agora, pode fazer sentido já que Kizu, como descrito, é um prequel, mas como o nome indica, se ele é um prequel, ele saiu depois. No japão KIZUMONOGATARI foi lançado após BAKEMONOGATARI. Enquanto no US foi lançado anteriormente. O restante da série, até o momento, parece seguir a ordem, e formato japoneses.

Agora falando um pouco da sinopse em si. Acredito que ela tira algumas surpresas, e ao mesmo tempo não representa tão bem o primeiro livro. Ela parece dar muito destaque a parte sobrenatural e psicológica, porém muito pouco a comédia, quando na verdade a parte da comédia é presente constantemente, enquanto a parte sobrenatural e psicológica da história envolvem essa comédia.

Minhas opiniões sobre a obra:

Bakemonogatari não é um livro leve em teor de história, e sua leitura não é tão fluída também, apesar de gostar de tramas complexas, eu gosto de leituras simples, onde toda a base pode ser compreendida diretamente e a história parece sempre progredir. Bakemonogatari quase falha no segundo item. Porém ao lermos a carta do autor no fim do livro, podemos ver que essa era a ideia, e também que na realidade, considerando a proposta inicial que ele tinha, o livro realmente é muito bem trabalhado e desenvolvido.

O livro traz temas pesados como traumas, confianças quebradas e abusos, mas ao mesmo tempo trata tudo de uma forma completamente insana e inesperada trazendo consigo um dos meus tipos favoritos de comédia, a comédia sem noção. Apesar da sinopse, o grande foco do livro, como o próprio autor descreve em sua carta aos leitores no final, é a troca de diálogos e “alfinetadas” completamente insanas entre os personagens, de um humor áspero e direto. Isto, para a minha experiência foi ótimo, mas em alguns momentos maçante, apesar dos diálogos absurdamente engraçados e situações inesperadas, muitas vezes parecia que o resto da narrativa entrava em um “hold” para focar nisso, e às vezes durava tempo demais, parecendo que a história não progredia.

Os personagens são estranhos, porém profundos e interessantes. Neste primeiro volume temos foco principal em dois personagens, O protagonista, que toma atitudes clássicas do herói da história, porém tem uma personalidade duvidosa em momentos, nossa heroína, que nos é introduzida como alguém nem um pouco bondosa e/ou amável. Outros personagens e seus traços básicos são apresentados, mas não desenvolvidos em primeiro momento.

Em comparação ao anime:

O Primeiro livro engloba apenas, se não me engano 5, ou 6 episódios do anime. Lembrando que o livro é o original, e o anime é a adaptação, até que o anime funciona bem como animação, praticamente tudo de importante está no anime, alguns diálogos foram resumidos, outros, eu não diria censurados, mas pelo menos ficaram menos “pesados”, mas apenas em diálogos “desnecessários” para o plot principal. Minha opinião sincera neste quesito é: Se você não tem como importar o livro, não pode ler inglês ou japonês, ou tem pouco tempo para ler, pelo menos em primeira o anime pode ser uma boa opção para você!

Valeu a pena?

Um mundo interessante do qual pode ser interessante conhecer mais, personagens com complexos estranhos, porém profundos e interessantes, uma narrativa cômica e absurda, enquanto mantém um pouco de pé no chão e realismo em momentos. Em geral para mim essa obra foi um ponto positivo.

De acordo com o autor, BAKEMONOGATARI nasceu de um interesse de fazer um livro de comédia, com diálogos sem noção entre os personagens, e com certeza criar uma história detalhada, com personagens interessantes, num mundo que te faz querer conhecer mais, com uma proposta simples dessa também demonstra talento.

No final, eu diria que sim, vale a pena, no mínimo dar uma chance, a Bakemonogatari.

Dados técnicos e Onde Comprar:

Capa comum: 240 páginas
Editora: Vertical (20 de dezembro de 2016)
Idioma: Inglês
ISBN-10: 1942993889
ISBN-13: 978-1942993889
Dimensões do produto: 13,9 x 1,7 x 19 cm
Peso de envio: 240 g

Abaixo temos o Link para a edição importada na Amazon BR, e o Link para quem prefere importar, direto da BookDepository. Lembrando que comprando pelo nosso link vocês ajudam o blog!

Deixe um comentário

Back To Top
%d blogueiros gostam disto: